Quer visitar Lisboa? Cuidado, pode apaixonar-se!

To read in english click here.

Madonna, Éric Cantona e Paolla Oliveira já estão in love. Conheça a Melhor Cidade Destino da Europa. Antes de visitar Lisboa confira as atrações que continuam a apaixonar famosos.

Depois dos portugueses descobrirem o Mundo, chegou a vez de serem descobertos pelo mundo. A prova está nos inúmeros prémios que tanto Portugal como as suas capitais e regiões têm ganho nos últimos anos. E para juntar à conta, o mais recente troféu elege Lisboa como “A Melhor Cidade Destino da Europa”. Uma conquista histórica que coloca a capital portuguesa à frente de outras cidades como Amesterdão, Barcelona, Londres, Paris, Roma ou Veneza.
Com tantos prémios, podemos dizer que visitar Lisboa é obrigatório. Por isso, mesmo antes da sua chegada, vamos dizer-lhe o que pode fazer e sugerir-lhe alguns dos melhores restaurantes de Lisboa.

Mas afinal de onde vem esta fama que cresce todos os dias?
Se há algum tempo não visita Lisboa ou se é a sua primeira vez na capital mundial do Fado, vai surpreender-se. Da cultura à gastronomia, registe as sugestões de quem mora cá e se considera um verdadeiro apaixonado por esta cidade.

 

Em primeiro lugar prepare as pernas para subir e descer, voltar a subir e voltar a descer. Lisboa é célebre pelo nome Cidade das Sete Colinas. Se realmente deseja conhecer os bairros mais genuínos ou os monumentos mais emblemáticos, o melhor que tem a fazer é calçar uns ténis para palminhar cada canto e recanto. Mas não se assuste porque há muitas alternativas e com menos esforço. Os percursos mais rápidos fazem-se de Metro mas para apreciar a beleza da cidade o melhor mesmo é deslocar-se de autocarro ou nos recentes Tuk Tuk — os famosos rickshaw, muito usados na Ásia — que entretanto nascem como cogumelos.

Que tal está de apetite?
Pronto para experimentar o verdadeiro Bacalhau e muitos outros pratos que nunca ouviu falar, muito menos pensar em comer? Pois é, como Lisboa é a capital de um país pequeno mas com muita diversidade cultural, uma vez que serviu de morada a inúmeros povos das mais diversas geografias (Romanos, Germanos, Muçulmanos, etc…) a gastronomia é extremamente rica e sortida. Desta forma, é possível encontrar nos melhores restaurantes de Lisboa pratos e petiscos diversificados.

Mas afinal, onde comer em Lisboa?
Num país com mais de 300 dias de sol por ano, o que não falta são esplanadas. A cidade está cheia de elegantes lugares ao ar livre onde se pode almoçar ou jantar pratos portugueses.

 

 

Este verão, a esplanada do restaurante 31 d’Armada — restaurante de Cozinha Portuguesa com um toque mediterrânico, que pela sua arquitetura é parte do legado histórico da cidade — surge como uma das excelentes opções para uma incursão gastronómica aos sabores das várias regiões de Portugal. Este é o lugar onde certamente se vai perder de amores por deliciosos pratos e petiscos como os Ovos com Farinheira e Tomate, os Peixinhos da Horta, as Costoletas de Borrego com Hortelã, Espargos e Arroz Árabe ou mesmo o famoso Bacalhau Assado com migas de grelos e chalotas no forno, sempre acompanhados de vinhos de exceção. Porque Portugal também é terra de bom vinho.

 

E como a cidade nasceu virada para o Atlântico, o peixe e o marisco mais fresco são também obrigatórios no prato de qualquer alfacinha — nome regional pelo qual são conhecidos os naturais de Lisboa. Nesta especialidade, sugerimos-lhe uma visita ao Aqui há Peixe ou ao Mercado do Peixe. Tal como o 31 d’Armada, fazem parte dos bons restaurantes de Lisboa onde a qualidade é servida de prato cheio.

As atrações que conquistaram os famosos, depois de uma simples visita a Lisboa.

Após carregar energias chega a hora de as gastar. O convite é para descobrir as ruas mais típicas, os monumentos mais emblemáticos, os museus mais concorridos ou os recantos mais charmosos, onde certamente se vai encontrar com a verdadeira alma da cidade. Apesar de tudo, quem visita Lisboa reconhece que se trata de um local genuíno, longe de olhares curiosos e, especialmente, muito seguro. Estas foram as principais razões que convenceram a rainha do pop, Madonna, o ex-futebolista Éric Cantona e a actriz brasileira Paolla Oliveira, entre outras celebridades, a escolher a nossa cidade como morada oficial. Por isso, se está de visita a Lisboa, não se admire se na mesa ao lado quem lhe faz companhia é a Madonna, que curiosamente tem residência muito perto do restaurante 31 d’Armada. Também não estranhe cruzar-se com a Monica Bellucci a comprar uma alface numa das muitas mercearias típicas, ou com o Éric Cantona a tomar um farto pequeno-almoço, ali para os lados de Campo de Ourique. Afinal, os famosos sempre tiveram bom gosto!

Mas para não nos perdermos, porque ainda há muito para ver neste lugar que reúne de forma única tradição e modernidade, propomos-lhe alguns programas mais alternativos. Para além das convencionais visitas ao Castelo de S. Jorge, à Torre de Belém ou ao Mosteiros dos Jerónimos — onde estão sepultados alguns reis e rainhas e os grandes homens da nossa língua, Luis de Camões e Fernando Pessoa — anote as mais recentes novidades.

Começando pela arte, sabia que pode fazer visitas guiadas a obras de arte urbana?

De Marvila ao Cais do Sodré é uma autêntica aventura descobrir as histórias mais curiosas nas paredes dos vários bairros, pela visão de alguns dos mediáticos artistas, como os portugueses Vhils e Bordalo II. A galeria Underdogs é, para nós, um dos guias mais competentes. Marque a sua visita.

 

Arte Urbana, Stª Apolónia — Lisboa.
Para um programa mais leve e com crianças, não se esqueça de passar pelo Sweet Art Museum, um projeto surrealista que é uma verdadeira ode à felicidade, e às selfies. A diversão está garantida!

Na música, e especialmente durante o verão, o que não faltam são concertos ao ar livre, independentemente do seu gosto musical. A saber, os já famosos concertos e óperas de verão nos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian (6 a 28 de julho), o clássico Festival Ao Largo, no Largo do Teatro Nacional de São Carlos (6 a 28 julho) ou ainda um dos mais esperados encontros anuais com as grandes bandas do rock, no Super Bock Super Rock (19–21 julho).

 

 

Mas Lisboa não fica por aqui. Como deve imaginar, um só artigo não chega para partilhar dicas e segredos da cidade que encanta poetas, inspira compositores e seduz até os mais resistentes visitantes. Lisboa é realmente um lugar que apaixona. Não resista! Visite Lisboa, porque Lisboa merece.Será que, por esta altura, já foi atingido pela seta do cupido?

Siga-nos todos os 15 dias. Será um prazer partilhar as nossas paixões.

A Equipa do 31
Nós somos a equipa do restaurante 31 d’Armada e de duas em duas semanas convidamo-lo para a nossa mesa, onde vamos partilhar as novidades na vida de uma cidade e de um país que não param de lançar charme.
Bem-vindo a Lisboa. Bem-vindo a Portugal.